Depois de Você

IMG_20160217_184801

Depois de você é a sequência (e espero que o encerramento) da história de Louisa Clark. Louisa Clark é a protagonista de Como eu era antes de você, de Jojo Moyes. Se você ainda não leu o primeiro livro, preciso avisar que, sim, aqui vai ter spoiler. Mas como eu acho que você deve ter lido, já que chegou aqui, vá em frente e continue sem medo.

Em Como eu era antes de você, Louisa é uma mulher de 26 anos que vive com a família – como acontece na maioria dos livros de autoras do Reino Unido, as famílias nunca são meros coadjuvantes, e sempre têm uma importância ao mesmo tempo cômica e dramática, que acaba responsável por metade do carisma da história. A família é bacana, portanto, mas isso não deixa de ser um problema. Lou ainda não saiu de sua zona de conforto. Por isso, a falta de ambição dessa protagonista é um ponto central para fazer a história andar. Na trama, ela encontra a pessoa que era quase seu exato oposto. Uma pessoa super ambiciosa, e que nunca a conheceria se não estivesse numa situação adversa: Will é tetraplégico e se considera aprisionado em uma vida que não desejava. Quem diria que isso seria o ponto de partida para uma das histórias de amor mais lindas que eu já vi? Jojo Moyes fez todo mundo chorar litros sem aquela apelação típica de um Nicholas Sparks. Pois é, mas não viemos falar do primeiro livro. Eu só precisava registrar o que me encantou em Como eu era antes de você. Lou precisava de uma chacoalhada na vida e a recebeu de onde menos esperava. Ela se apaixonou por Will e ele escolheu o suicídio assistido, para escapar de uma vida que ele considerava insuficiente. O fim, como sabemos, é aquela tristeza.

Em Depois de você, ganhamos uma atualização. Ficamos sabendo que, depois da morte de Will, Lou viajou por algumas cidades da Europa por alguns anos, até se fixar em Londres. No primeiro livro, Lou foi um sopro de felicidade na vida de Will. Agora, ela continua despretensiosa e sem ambição, mas é só olhar mais de perto que você nota que tudo está mais cinza. Claro que já imaginávamos isso, afinal, ela sofreu a perda de um amor. Toda essa melancolia faz com que a Louisa Clark de Depois de você seja muito, mas muito diferente daquela que conhecemos no primeiro livro. Ela está longe de conseguir se restabelecer após a morte de Will. Já se passaram três anos e ela continua em um emprego péssimo, não vê a família direito e passa o tempo sozinha num apartamento praticamente sem mobília. Depois de um acidente, as coisas começam a mudar. Ela retoma o contato com a família, conhece Sam (o interesse romântico dela aqui), Lily (uma garota de 16 anos que praticamente não tem família) e membros de um grupo de ajuda para pessoas em luto.

IMG_20160217_184713

Num esforço para dar nova direção à personagem que cativou todo mundo, Jojo Moyes entrega muito daquilo que os leitores esperavam – Louisa no fundo do poço, depois se apaixonando novamente, embora com muita dificuldade em esquecer Will. Tudo isso está lá, competentemente realizado, mas Como eu era antes de você foi um dos livros mais emocionantes que eu já li. E acho que não estou sozinha. Nesse novo livro, no que diz respeito a intensidade, Jojo Moyes não consegue repetir a dose. Diferentemente do primeiro, Depois de você é apenas um livro bom, com uma autora competente.

Nessa atualização não lemos uma história de amor, e sim a de uma mulher precisando se reerguer. O caminho dessa reconstrução não envolve apenas o surgimento de um novo amor, mas o contato com várias pessoas que aparecem, cada uma responsável por colocar no lugar um pedacinho diferente da Lou que a gente aprendeu a gostar. Confesso que não era exatamente isso que eu queria, mas eu sei que esse problema é meu.

Jojo Moyes podia ter nos dado mais do mesmo livro que fez tanto sucesso – eu não me importaria nadinha se esse segundo repetisse em tudo a fórmula do primeiro –  mas ela quis mais. Não bastou escrever o que todo mundo queria ver nas prateleiras, ela quis se afirmar como autora e tentou uma coisa diferente. Meu lado racional sabe que isso é bom, mas meu lado abobado queria mais do mesmo. Eu queria aquele sentimento de novo, aquele aperto no peito, e até o choro. Eu queria que Jojo Moyes desse um jeito de ressuscitar o Will, nem que pra isso ela precisasse se arriscar na ficção científica. Tudo bem, talvez isso seja exagero.

Só que, no fim das contas, tenho que concordar que Jojo Moyes encontrou o melhor final para Lou Clark. Sem poder dar spoiler, digo que senti que a Lou conseguiu, afinal, a tal ambição que ela não tinha, nem antes nem depois de Will. Parece que ela finalmente conseguiu começar a viver e querer mais da vida. Depois de gostar tanto de uma história, de passar por tantas coisas com aqueles personagens, eu fico me sentindo meio dona deles. Agora é torcer para o filme, que vai sair em breve, ser tão bom quanto o livro para que eu possa matar as saudades.

Anúncios

Um comentário sobre “Depois de Você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s